Home / 4/5 / [Opinião] Dreamsongs – Volume I, de George R.R. Martin

[Opinião] Dreamsongs – Volume I, de George R.R. Martin

417729Autor: George R.R. Martin
Ano de Publicação:
2003
Editora: Bantam Spectra
Páginas: 683
ISBN: 9780553805451
Origem: Ganho em passatempo

Sinopse: Dubbed the American Tolkien by Time magazine, #1 New York Times bestselling author George R.R. Martin is a giant in the field of fantasy literature and one of the most exciting storytellers of our time. Now he delivers a rare treat for readers: a compendium of his shorter works, collected into two stunning volumes, that offer fascinating insight into his journey from young writer to award-winning master. Gathered here in Volume I are the very best of George R.R. Martin’s early works, including never-before-published fan pieces, his Hugo, Nebula, and Bram Stoker Award-winning stories plus the original novella The Ice Dragon, from which Martin’s New York Times bestselling children’s book of the same title originated. A dazzling array that features extensive author commentary, Dreamsongs, Volume I, is the perfect collection for both Martin devotees and a new generation of fans.

Opinião: Como referi na opinião do primeiro conto que li deste livro, aproveitei o embalo com que estava a ler contos do autor e decidi pegar nos volumes originais que incluem, entre outros, os contos presentes em O Cavaleiro de Westeros & Outras Histórias e O Dragão de Inverno & Outras Histórias, publicados em Portugal e que já comentei por aqui. Optei por ler apenas os que ainda não tinha lido, principalmente porque ainda os tenho muito frescos, sendo que a única exceção foi a releitura de With Morning Comes Mistfall, que já tinha encontrado numa revista BANG!. Abaixo segue a lista dos contos que compõem este primeiro volume, com links para os contos que li agora e também para os que já tinha lido no âmbito das coletâneas portuguesas que referi:

Este livro tem histórias muito boas; se tivesse que recomendar a leitura de apenas uma, seria sem dúvida Sandkings (Reis-de-Areia), mas boa parte delas justifica plenamente uma leitura. Este livro tem muitas mais-valias, sendo a mais óbvia a qualidade geral das histórias, onde apenas destoam as primeiras, escritas no início da carreira de George R.R. Martin, mas que apesar de mais fracas são um elemento importante para que o leitor perceba de onde veio o autor e qual foi a evolução da sua carreira. 

Aliás, as introduções que o autor faz a cada uma das secções do livro são valiosíssimas, não só porque proporcionam uma visão única sobre a vida e carreira de Martin, mas também porque funcionam como “cola” das histórias que nos vai apresentando, fazendo com que o livro seja muito mais do que a soma das suas partes (ou contos). É por isso que se fizesse uma média aritmética simples das classificações que atribuí aos vários contos a classificação final seria 3; assim, dou-lhe um sólido 4, recomendando o livro a todos os leitores que desejem perceber de onde veio o autor que se tornou tão famoso pelas suas Crónicas de Gelo e Fogo.

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.