Home / 4/5 / [Opinião] Seduction in Death, de J.D. Robb

[Opinião] Seduction in Death, de J.D. Robb

13763848Autor: J.D. Robb
Ano de Publicação: 2001
Série: In Death #13
Páginas: 480

Sinopse: She was 23 and already in love. She was certain he’d be handsome. She would be dead before midnight. Bryna Bankhead carefully dressed for her date with the wonderful Dante, a man she’s only ever spoken to online. By the end of the night, rose petals are scattered, poetry has been quoted – and Bryna has been murdered.

Opinião: Uma mulher aparece morta depois de uma queda da varanda do seu apartamento. A Tenente Eve Dallas é chamada ao local e pouco tempo depois chega à conclusão que a jovem foi atirada da varanda já depois de morta, morte essa causada pela ingestão de um conjunto de drogas que, ao que tudo indica, lhe foram dadas por um homem com que se encontrou nessa noite pela primeira vez. Este crime é a primeira peça de um puzzle que Eve terá de montar para poder descobrir a identidade do culpado e os motivos que o levaram a cometer tal crime.

O caso policial apresenta algumas nuances relativamente a livros anteriores, uma vez que aqui não só vamos acompanhando as reacções do criminoso aos crimes que comete, como sabemos também a sua identidade. Interessante foi também a utilização como arma do crime de drogas raras criadas em laboratório neste mundo futurista, reforçando a identidade deste futuro imaginado que por vezes parece um pouco esquecido na série. A evolução do caso policial é bem pensada e a conclusão satisfatória.

A caracterização de personagens e o desenvolvimento das suas relações interpessoais continua a ser o grande ponto forte desta série. Sei que me estou a repetir relativamente a opiniões anteriores, mas de facto dá gosto presenciar o progresso das relações amorosas (Eve e Roarke, Peabody e McNab) e das relações de amizade, sempre bem conjugadas com o carisma da personagem central desta série, Eve Dallas. Na verdade, é uma personagem admirável a todos os níveis, de que gosto imenso pela seu caráter forte e corajoso, mas também por todas as fragilidades que tem vindo a aprender a combater com a ajuda do amor e da amizade dos que a rodeiam.

Foi um prazer ler este livro e continua a ser um prazer acompanhar esta série. Enquanto continuar assim, não me parece que vá largá-la tão cedo.

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.