Home / 3/5 / [Opinião] Mariana, de Susanna Kearsley

[Opinião] Mariana, de Susanna Kearsley

17303908Autor: Susanna Kearsley
Título Original:
Mariana (1994)
Editora: Edições ASA
Páginas: 352
ISBN: 9789892321684
Tradutor: Isabel Alves
Origem: Comprado

Sinopse: Julia Becket acredita no destino. Ela tinha apenas cinco anos quando viu Greywethers pela primeira vez, mas soube de imediato que aquela era a sua casa. Vinte e cinco anos depois, tornou-se finalmente sua proprietária. Mas Julia depressa começa a suspeitar de que existe algo de poderoso e inexplicável por detrás da sua decisão radical de abandonar Londres e começar de novo numa pequena aldeia. Os novos vizinhos são calorosos e acolhedores, muito particularmente Geoff, o aristocrático proprietário de Crofton Hall, com quem sente uma ligação imediata. Mas a vida tal como ela a conhecia acabou, e outra bem diferente está prestes a começar. Uma vida que inclui Mariana, que habitou aquela mesma casa trezentos anos antes e cujo destino ficou tragicamente por cumprir. A história de Mariana vai- se revelando a pouco e pouco, apoderando-se da sua vida como um feitiço. Ao longo dos séculos que separam as duas jovens, uma promessa de amor eterno aguarda o desfecho que o destino lhe negou. Conseguirá Julia desvendar no presente os enigmas do passado? Será que Mariana esteve sempre à sua espera?

Opinião: Depois de dois livros de que gostei muito (Sophia’s Secret e The Firebird), Susanna Kearsley tornou-se naquelas autoras em que tenho uma boa dose de confiança, sendo quase certo que os seus livros me vão agradar. Mariana foi um dos primeiros trabalhos da autora (o livro tem 20 anos) e isso, juntamente com o facto de ter lido que tinha algumas semelhanças com Sophia’s Secret, fizeram-me baixar um bocado as expectativas.

A protagonista do livro é Julia Becket, uma ilustradora de livros infantis que vive em Londres, mas sempre que passa junto de uma determinada casa de campo sente-se atraída por ela e acaba, eventualmente, por adquiri-la. Enquanto está em mudanças e no processo de conhecer os habitantes da localidade, Julia começa a ter uma espécie de flashbacks de uma vida passada, e vê-se na pele da jovem Mariana Farr, no século XVII e da sua paixão pelo nobre Richard de Mornay. 

É uma história sobre vidas passadas, reencarnação e o poder do destino. Pessoalmente, não são temas em que acredite, mas isso não me impediu de gostar deste livro. As semelhanças com Sophia’s Secret são inegáveis, e arrisco-me mesmo a dizer que Mariana foi uma espécie de embrião daquele livro, uma versão menos desenvolvida e um pouco menos emotiva do livro que chegaria 14 anos depois. A comparação talvez seja um pouco injusta, mas no que me diz respeito acaba por ser inevitável. O livro tem uma revelação mesmo no final que põe a história numa perspetiva bastante diferente e que dá vontade de voltar ao início e reler tudo.

Mariana é um livro bem escrito, cativante e que, apesar de tratar de temas que possam não apelar a todos os leitores, acaba por fazê-lo de forma convincente. Parece-me um bom ponto de partida para a obra desta autora, mas a recomendação é que se vão lendo as suas obras de forma espaçada, de modo a que os livros possam ser apreciados pelo seu valor e as comparações sejam as menores possíveis.

Classificação: 3/5 – Gostei


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.