Home / 3/5 / [Opinião] O Último Adeus de Sherlock Holmes, de Arthur Conan Doyle

[Opinião] O Último Adeus de Sherlock Holmes, de Arthur Conan Doyle

6673002Autor: Arthur Conan Doyle
Título Original:
The Adventure of the Bruce-Partington Plans (1912), The Adventure of the Devil’s Foot (1910), The Adventure of the Cardboard Box (1892)
Editora: Global Notícias
Páginas: 95
ISBN: 9789895545728
Tradutor: n.d.
Origem: Comprado

Sinopse: O Último Adeus de Sherlock Holmes inclui originalmente oito contos de histórias do detective Sherlock Holmes, publicados em 1917. Os contos foram divulgados pela primeira vez na revista Strand Magazine, nos anos de 1893 e de 1908 a 1917. Neste livro de histórias estão reunidos Os Planos do Submarino Bruce-PartingtonO Pé do Diabo e A Caixa de Papelão.
 

Opinião: Das últimas histórias publicadas por Arthur Conan Doyle envolvendo o detetive Sherlock Holmes, oito no total, apenas três tiveram direito a integrar esta coleção. Aqui fica então um pequeno resumo e opinião de cada um dos contos incluídos neste volume (seguindo o link nos títulos dos contos, podem ler o conto respetivo em inglês):

Os Planos do Submarino Bruce-Partington – Mycroft Holmes, o irmão de Sherlock, faz uma rara aparição em Baker Street para pedir o auxílio do irmão na resolução de um caso importantíssimo para o Estado inglês: o desaparecimento de uns planos ultra-secretos para a construção de um submarino vital na política internacional inglesa. Um dos membros do gabinete estatal onde os planos se encontravam aparece morto numa estação de metro com parte dos planos no bolso, e apenas Sherlock tem a perspicácia de descobrir o que realmente aconteceu. Foi, das três histórias, aquela que mais gostei, pelas reviravoltas no enredo e pelo desenlace inesperado.

O Pé do Diabo – Sherlock Holmes tem a saúde fragilizada e decide partir para um retiro campestre a fim de se recompôr. Com ele segue Holmes, mas o descanso dura pouco tempo quando, perto deles, um acontecimento misterioso tem lugar. Uma mulher aparece morta à mesa onde na noite anterior se tinha sentado para jogar cartas, e os seus dois irmãos continuam ao lado dela, completamente enlouquecidos. Suspeita-se que o diabo tenha feita uma aparição, mas Sherlock Holmes descobre alguns indícios de que a explicação para este estranho acontecimento seja bem diferente. Gostei da história, apesar de preferir enredos citadinos nos contos de Sherlock Holmes.

A Caixa de Papelão – Uma senhora aparentemente inócua recebe em sua casa uma caixa de papelão que inclui duas orelhas humanas. Sherlock Holmes e Watson acorrem ao local para investigar o caso, cuja resolução acaba por ser demasiado fácil para as capacidades de Holmes. Este conto foi, dos três, aquele de que menos gostei, porque me pareceu muito apressado e o mistério, de um modo geral, menos cativante.

Após a leitura destes três contos fica a pena de não terem sido publicados mais contos de “O Último Adeus de Sherlock Holmes” nesta coleção. Estou a ponderar lê-los num futuro próximo.

Classificação: 3/5 – Gostei


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.