Home / 3/5 / [Opinião] Histórias Secretas de Reis Portugueses, de Alexandre Borges

[Opinião] Histórias Secretas de Reis Portugueses, de Alexandre Borges

17372525Autor: Alexandre Borges
Ano de Publicação:
2012
Editora: Casa das Letras
Páginas: 272
ISBN: 9789722331562
Origem: Comprado

Sinopse: Todos conhecemos os pontos nevrálgicos da História de Portugal, um dos mais antigos estados-nação do mundo, casa paterna de um dos idiomas mais falados no planeta e paciente assaltado por recorrentes crises de auto- estima. Mas saberemos das zonas cinzentas? Das pequenas histórias? Dos episódios passados na sombra dos acontecimentos ditos históricos? Ao longo de 15 histórias que encerram muitas outras dentro si, contamos a pequena História de Portugal, a versão menos conhecida dos factos, tal como foi vivida pelos reis portugueses, não esquecendo alguns daqueles que, tendo nascido em Portugal, reinaram longe do solo pátrio, ou outros que, não sendo formalmente reconhecidos como tal, foram para o povo, em determinadas circunstâncias e lugares, verdadeiramente reis. Da ante-câmara espiritual e cultural do reino fundado por Afonso Henriques aos ecos que ainda ressoam nos nossos dias. Da intimidade torturada de soberanos confrontados com o destino às grandes vitórias nacionais. Este é um lado B possível da nossa História. E a História não é o que aconteceu. É a razão de estarmos aqui e agora, da forma como aqui e agora estamos.

 Opinião: Gosto de História. Os livros históricos que já li são, predominantemente, romances e sobre História que não a do meu país, que estou longe de poder dizer que conheço bem. Por isso, qualquer livro que ache que me possa ensinar mais sobre a História deste nosso país à beira-mar plantado é sempre  uma leitura bem-vinda.

Histórias Secretas de Reis Portugueses não é um livro pretencioso, e o seu autor faz questão de enaltecer este facto logo no prefácio. O principal objetivo seria recordar alguns dos episódios menos conhecidos da monarquia portuguesa, que se entretecem com a história da nossa identidade, de uma forma acessível e percetível ao leitor menos familiarizado com estas temáticas.

As 15 histórias que o livro contém estão ordenadas cronologicamente e passam pelas quatro dinastias que Portugal conheceu desde o seu primeiro rei, D. Afonso Henriques, até à extinção da monarquia, em 1910. Não lhes chamaria tanto “histórias secretas”, antes curiosidades. Na verdade, boa parte do livro ocupa-se a caracterizar, em linhas gerais, várias figuras da monarquia portuguesa, na maioria das vezes não as principais, mas aquelas que geralmente ficam mais esquecidas. Para além disto, o autor inclui também várias lendas populares associadas às figuras de que fala, como D. Afonso Henriques ter batido na mãe ou a Rainha Santa Isabel ter transformado dinheiro em rosas.

Gostei de descobrir coisas sobre a nossa História – e figuras históricas – que desconhecia, com particular relevo para a figura de Henrique Paiva Couceiro (acho que só conhecia este nome de ruas) e para as dúvidas quanto à identidade da figura representada na estátua na Praça D. Pedro IV. É um livro interessante para os menos conhecedores da história da monarquia do nosso país, que se lê quase como um romance e de que desfrutei por não esperar muito mais que isto.

Classificação: 3/5 – Gostei


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.