Home / 5/5 / [Opinião] Fool’s Fate, de Robin Hobb

[Opinião] Fool’s Fate, de Robin Hobb

Autor: Robin Hobb
Série: Tawny Man #3 | Realms of the Elderlings #9
Páginas: 909
ISBN:9780553582468

Sinopse: Assassin, spy, and Skillmaster, FitzChivalry Farseer, now known only as man-at-arms Tom Badgerlock, has become firmly ensconced in the queen’s court at Buckkeep. Only a few are aware of his fabled, tangled past—and the sacrifices he made to survive it. And fewer know of his possession of the Skill magic. With Prince Dutiful, his assassin-mentor Chade, and the simpleminded yet strongly Skilled Thick, FitzChivalry strives to aid the prince on a quest that could ultimately secure peace between the Six Duchies and the Outislands—and win Dutiful the hand of the Narcheska Elliania. For the Narcheska has set the prince on an unfathomable task: to behead a dragon trapped in ice—the legendary Icefyre, on the island of Aslevjal. Yet not all the clans of the Outislands support the prince’s effort to behead their legendary defender. Are there darker forces at work behind the Narcheska’s imperious demand? As the prince and his coterie set sail, FitzChivalry works behind the scenes, playing nursemaid to the ailing Thick, while striving to strengthen their Skill—ultimately bringing his unacknowledged daughter into the web of the Skill magic, where the truth must finally unfold. The quest emerges amid riddles that must be unraveled, a clash of cultures, and the ultimate betrayal. For knowing that the Fool has foretold he will die on the island of ice, FitzChivalry has plotted with Chade to leave his dearest friend behind. But fate cannot so easily be defied.

Opinião: Apesar de apresentar aqui a versão inglesa, a verdade é que li a primeira metade em português (saiu no final de Maio com o título “A Jornada do Assassino”). Como estava ansiosa por saber como terminava a história e o tempo não vai ser muito quando sair o último livro, optei por ler o resto da história em inglês.

Depois dos acontecimentos dos volumes anteriores, a expectativa para este centrava-se essencialmente na viagem de Fitz e companhia à ilha de Aslevjal, onde o Príncipe Respeitador teria, para conseguir a paz entre as Ilhas e os Seis Ducados, e ao mesmo tempo conseguir a mão da Narcheska, de encontrar e matar um dragão há muito conservado no gelo. Os acontecimentos são, como de costume, acompanhados pelos dilemas pessoais das várias personagens, com ênfase especial no destino do Bobo – como, aliás, o título do livro deixa adivinhar.

Não quero revelar muito da história, mas posso dizer que, como de costume, está muito bem equilibrada no que respeita à interligação entre os momentos com mais ação e os momentos mais reflexivos/de diálogo. A caracterização das personagens continua a ser um dos pontos altos da série e o que mais me cativa nesta autora, sendo que este livro brilha nos momentos de interação entre Fitz e o Bobo – apesar de não ter ficado necessariamente fã do destino que Robin Hobb reservou para este último. 

O fim deste livro permitiu atar algumas pontas soltas que ficaram da série anterior, especialmente no que respeita a Fitz. Tenho de dizer que por mais que tenha adorado todos estes livros, um aspeto em particular do final da história pessoal de Fitz neste livro me pareceu um pouco forçado, mas compreendo a intenção da autora ao dar um pouco de paz à sua personagem principal. Em jeito de balanço desta série – e também da anterior: não considero que sejam livros para toda a gente, mesmo dentro dos fãs da fantasia; no entanto, penso que são livros que sobressaem pela excelente caracterização das personagens e pela escrita particular, que alguns poderão considerar “lenta” e que dá um ritmo muito próprio à história, talvez menos do agrado de leitores mais impacientes. Pessoalmente, agrada-me bastante e vou continuar a seguir a autora, independentemente de surgirem ou não outras traduções dos seus livros em Portugal.

Excelente final desta série, com todos os ingredientes a que já estamos habituados e que certamente agradará aos fãs da autora.

Classificação: 5/5 – Adorei


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.