2014 Reading Challenge

2014 Reading Challenge
Célia has read 0 books toward her goal of 75 books.
hide

Estou a Ler

Newsletter

Arquivo

Creative Commons License This blog by Estante de Livros is licensed under a Creative Commons Atribuição-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Visitas desde 20/07/2007

[Opinião] Bone Crossed, de Patricia Briggs

Tuesday, November 8, 2011 Post de Célia

Autor: Patricia Briggs
Série: Mercy Thompson #4
Editora: Penguin
Formato: e-book
ISBN: 9781440698804

Sinopse: Mercedes Thompson spends her days as a VW mechanic, fixing transmissions and replacing worn sprockets. By night, this ever-alert shape-shifter ventures among eastern Washington’s witches, vampires, and werewolves. In Bone Crossed, her quest for interspecies peace backfires when local vampire queen Marsilia vows to punish Mercy by annihilating her friends.

 

Opinião: Em termos temporais, este livro tem início imediatamente após os acontecimentos do livro anterior. Mercy ainda se encontra a recuperar do violento ataque de que foi alvo quando novos problemas surgem na sua vida. O seu amigo vampiro, Stefan, aparece muito mal tratado em casa de Mercy, o que a faz temer complicações com a chefe dos vampiros, Marsilia; por outro lado, uma velha amiga bate à porta de Mercy para que esta a ajude a livrar-se de um fantasma que amaldiçoa a sua casa.

 

Neste novo volume da série Mercy Thompson, a autora continua a expandir o mundo que criou. Temos muito mais informação sobre o funcionamento do mundo dos lobisomens, dos vampiros e dos fantasmas, e também sobre as origens de Mercy. É um volume mais centrado na ação do que no desenvolvimento das personagens, apesar de ainda assim possuir progressos interessantes neste sentido, em especial no que respeita a Stefan, de quem gosto cada vez mais. É uma personagem com algumas contradições, que Patricia Briggs consegue utilizar muito bem a seu favor. Continuo a gostar também muito de Mercy, uma heroína de quem gostamos facilmente, independente, corajosa e bem-humorada, apesar dos constantes sarilhos em que se vê envolvida e do seu medo em confiar noutras pessoas. Penso que é o maior trunfo desta série, a sua personagem principal.

 

O ritmo deste livro é muito elevado e há sempre muita coisa a acontecer; ao mesmo tempo, a autora consegue encontrar espaço para algum desenvolvimento a nível das personagens. Apesar disso, penso que o impacto emocional deste livro fica aquém do anterior, por exemplo, e que um pouco disso se deve à sequência quase imparável de acontecimentos.

 

Bone Crossed é uma boa adição à série, que peca um pouco por ter muita coisa a acontecer ao mesmo tempo e de ser menos interessante a nível emocional do que os livros anteriores. Ainda assim, foi uma leitura agradável, que me faz ter vontade de continuar a seguir a série.

 

Classificação: 3/5 – Gostei

 


One Response to “[Opinião] Bone Crossed, de Patricia Briggs”

  1. […] – Bones Crossed – Patricia Briggs (Estante de Livros) […]


Leave a Reply