Home / 4/5 / [Opinião] A Dance With Dragons, de George R.R. Martin

[Opinião] A Dance With Dragons, de George R.R. Martin

Autor: George R.R. Martin
Editora: Bantam
Série: Song of Ice and Fire #5
Páginas: 1016
ISBN: 9780553801477
Origem: Comprado

Sinopse: In the aftermath of a colossal battle, Daenerys Targaryen rules with her three dragons as queen of a city built on dust and death. But Daenerys has thousands of enemies, and many have set out to find her. Fleeing from Westeros with a price on his head, Tyrion Lannister, too, is making his way east–with new allies who may not be the ragtag band they seem. And in the frozen north, Jon Snow confronts creatures from beyond the Wall of ice and stone, and powerful foes from within the Night’s Watch. In a time of rising restlessness, the tides of destiny and politics lead a grand cast of outlaws and priests, soldiers and skinchangers, nobles and slaves, to the greatest dance of all.

Aviso prévio: Esta opinião não contém spoilers

Opinião: Este foi, sem dúvida, o livro mais aguardado por mim nos últimos tempos, não só porque adoro o mundo e as personagens criadas por George R.R. Martin, mas porque o 4.º volume tinha deixado de lado algumas das personagens principais da história e favoritas dos fãs, mais notavelmente Jon Snow, Daenerys Targaryen e Tyrion Lannister. Por fim, já tinham decorrido 6 anos desde a publicação do último volume da série, A Feast for Crows – apesar de o tempo de espera de quem leu as edições portuguesas à medida que foram saindo ter sido bem menor.

Por causa da ausência de algumas personagens no 4.º volume, foi necessário voltar atrás no tempo para percebermos qual o rumo que tinham tomado. Deste modo, A Dance With Dragons sobrepõe-se temporalmente a A Feast for Crows nos primeiros dois terços do livro, fazendo com que algumas das situações que tínhamos presenciado no volume anterior sejam aqui recuperadas pela perspetiva de outras personagens, o que acaba por funcionar bem.

Como disse, as minhas expetativas eram enormes, especialmente por poder voltar a ler capítulos centrados na minha personagem preferida da história, Jon Snow, e quanto a isso posso dizer que não fiquei desiludida. De resto, aguardava com curiosidade alguns encontros entre personagens e pelo desenlace de outras situações que tinham ficado em suspenso no volume anterior. Aqui já não posso dizer que tenha ficado completamente satisfeita. A minha sensação é que este livro se trata essencialmente do adensar do enredo (ainda mais) em vez do início da sua resolução. É verdade que há algumas revelações (uma, em particular, que muda muita coisa) e desenvolvimentos importantes, mas parece-me que foram mais as coisas que ficaram por resolver e as novas situações que abrem todo um leque de novas possibilidades.

Foram vários os momentos empolgantes e que valeram realmente a pena, mas outros houve em que a história pareceu arrastar-se em demasia. A narrativa parece, por vezes, um pouco dispersa, pelo multiplicar de pontos de vista e por alguma falta de pontos de ligação entre eles. A grande maioria dos pontos de vista tem um interesse moderado a alto, mas houve ali dois ou três que, muito sinceramente, nunca me cativaram. A escrita, essa, continua ao nível a que Martin já nos habituou.

Acho que o melhor livro desta série continua a ser, sem dúvidas, o terceiro – A Storm of Swords (5.º e 6.º volumes nas edições portuguesas). Este quinto volume, apesar de, na minha opinião, ser melhor que o anterior, vai buscar um pouco do seu ritmo mais lento e é só um pouco mais empolgante em termos de desenvolvimentos do enredo. Supostamente, a série terá um total de 7 livros, mas tendo em conta a quantidade de situações por resolver não me espantava nada se chegasse aos 8.

De forma resumida, foi uma leitura bastante aguardada e que, de um modo geral, foi recompensadora apesar de não ter correspondido por completo às minhas expetativas que, diga-se, eram bastante elevadas. Ainda assim, penso que irá agradar bastante aos fãs da saga. A 9 de Setembro, é publicada a primeira metade deste livro em português, com o título A Dança dos Dragões, cuja capa já foi revelada. 

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.