Home / 3.5/5 / O Apelo da Lua

O Apelo da Lua

Autor: Patricia Briggs
Título Original: Moon Called (2006)
Série: Mercy Thompson #1
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 288
ISBN: 9789896372576
Tradutor: Manuel Alberto Vieira
Origem: Empréstimo

Sinopse: Mercy Thompson é uma talentosa mecânica de automóveis que vive na zona de Washington. Mas ela é muito mais do que isso: também é uma metamorfa com o poder de se transformar num coiote. Como se não chegasse, o seu vizinho é um lobisomem, o seu antigo patrão um gremlin, e neste momento está a reparar a carrinha de um vampiro. Este é o mundo de Mercy Thompson, um que parece igualzinho ao nosso, mas cujas sombras estão repletas de estranhas e perigosas criaturas da noite. E se até agora Mercy sempre viveu bem nesse mundo, aproxima-se o dia em que a sua preocupação vai ser apenas sobreviver…

Opinião: Depois de algumas experiências menos bem sucedidas no género paranormal, muito por causa da minha limitada paciência para as protagonistas adolescentes da maioria dos que li dentro deste género, comecei esta leitura com um pé atrás, apesar da protagonista ser já uma mulher adulta, e foi por isso que decidi requisitar este livro na biblioteca em vez de o comprar. As minhas baixas expectativas acabaram por se revelar infundadas, felizmente.

Mercy Thompson é a protagonista deste livro e é pela sua voz que entramos em contacto com um mundo povoado de lobisomens, outros metamorfos, fadas e vampiros. Mercy é uma mecânica de automóveis, ela própria uma metamorfa que se transforma em coiote, mas é, ao mesmo tempo, uma mulher independente, forte e carismática. Vive num ambiente fortemente dominado pela sociedade lobisomem, com quem tem frequentes contactos, apesar de não fazer parte da “alcateia”; esta ligação, porém, não a impede de ter contacto com elementos de outras raças, nomeadamente com fadas e vampiros.

O principal foco de acção desta história é um ataque à casa do lobisomem Alfa da zona onde Mercy reside, e que é, ao mesmo tempo, uma espécie de amigo seu. O ataque traz consigo uma morte que afecta particularmente Mercy, que por sua vez se vê inadvertidamente envolvida na investigação do que parece ser uma conspiração cujos motivos aparentam ser inexplicáveis. Ao mesmo tempo que acompanhamos o desenrolar dos acontecimentos, vamos também tendo oportunidade de conhecer melhor as personagens. Foi isto o que mais me cativou neste livro: as personagens são desenvolvidas de uma forma inesperadamente (pelo menos, para mim) profunda, e a autora investe também muito tempo na explicação e aprofundamento da relação entre elas. Apesar de o enredo se ir desenrolando a um ritmo constante, não é daqueles livros em que parece que não conseguimos respirar. Patricia Briggs aproveita vários espaços para criar personagens fortes, interessantes, reve­lando ape­nas o sufi­ci­ente para que as per­so­na­gens não pare­çam uni­di­men­si­o­nais ao lei­tor, mas não dema­si­ado para que a curi­o­si­dade se man­te­nha. É também dado grande destaque às informações sobre a forma de organização da sociedade lobisomem, o que é feito de forma bastante capaz.

Não foi daqueles livros que me conquistou por completo, mas o que contém é o suficiente para desejar conhecer mais sobre o passado das personagens e ter curiosidade em saber o que lhes vai acontecer no futuro. Uma série para continuar a seguir. 

Classificação: 3,5/5


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.