2014 Reading Challenge

2014 Reading Challenge
Célia has read 0 books toward her goal of 75 books.
hide

Estou a Ler

Newsletter

Arquivo

Creative Commons License This blog by Estante de Livros is licensed under a Creative Commons Atribuição-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.

Visitas desde 20/07/2007

[Opinião] A Cama da Paixão, de Laura Lee Guhrke

Tuesday, December 21, 2010 Post de Célia

Autor: Laura Lee Guhrke
Título Original: The Marriage Bed (2002)
Série: Guilty #3
Editora: Livros d’Hoje
Páginas: 312
ISBN: 9789722041126
Tradutor: Sónia Mota Maia

Sinopse: Londres, 1833. Quando numa noite Lady Viola conheceu o galante visconde John Hammond foi amor à primeira vista. Vendo-se repentinamente envolvida numa relação séria, só se apercebeu da chocante verdade após o casamento: o seu amado John nunca tinha gostado dela verdadeiramente, casando com ela apenas pela sua fortuna… e o pior, é que ele não via nada de errado nisso. Desolada, Viola jurou nunca mais permitir que o canalha que a tinha enganado se voltasse a deitar com ela. John, na verdade, nunca teve a intenção de ferir a bela e determinada mulher que se tornou numa estranha para ele. Agora, depois de anos de um casamento faz de conta, ele precisa de um herdeiro, e vê-se confrontado com um intrigante e atraente desafio: ter de seduzir a sua própria mulher. Ele tem de convencer Viola a regressar ao seu leito matrimonial, mas desta vez pode ser ele o único a perder o coração.

 

Opinião: A Cama da Paixão é o terceiro livro da série iniciada com Prazeres Proibidos, que também li este ano. Pelo meio, fica His Every Kiss, o segundo volume, que ainda não foi publicado por cá mas que também já li. Devo dizer que, apesar de fazerem parte da mesma série e de as personagens principais de uns livros aparecerem brevemente nos outros, cada livro contém uma história em si e não é estritamente necessário que sejam lidos por ordem.

 

Tendo como pano de fundo Londres no séc. XIX, este livro conta a história de Viola e John, que vivem um casamento de aparências há 9 anos. O início da vida em comum tinha sido pacífico, mas uma série de discussões e mal-entendidos fez com que o casal se afastasse. Não sendo o divórcio uma opção, Viola continuou a sua vida, dedicando-se aos carenciados e John teve uma série de amantes. Na perspectiva de os seus bens irem parar a um parente que considera completamente inapto para os gerir, John vê-se na obrigação de reconquistar a sua mulher para poder ter um herdeiro. Mas a tarefa parece quase impossível…

 

Dentro do género em que se insere, acho que a história está bastante bem conseguida. As personagens são credíveis e a autora consegue fazer com que a “viagem” na descoberta de si próprios e dos seus sentimentos seja interessante e emocionante. O livro não apresenta, como seria de esperar, grandes floreados linguísticos, mas ainda assim a escrita é bastante eficaz e consegue envolver o leitor no enredo. As cenas mais quentes, que também já são um habitué, parecem aqui bem enquadradas e complementam bem a história que se vai desenrolando. É um livro que não exige muito do leitor, sendo o seu principal objectivo entreter, e nesse aspecto pareceu-me que foi bem sucedido.

 

Resumindo, para quem procura um romance quase por completo focado no sentimento entre duas pessoas, com algum erotismo à mistura e de leitura rápida, esta é uma autora que recomendaria.

 

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante


  • Isabel

    Um livro…sem palavras…

  • Sam

    Concordei plenamente com a opinião, um livro ligeiro para o Verão, quente e bom o suficiente para nos manter entretidos a imaginar as cenas a desenrolarem na nossa mente.