Home / 3/5 / [Opinião] Sally, de Jorge Candeias

[Opinião] Sally, de Jorge Candeias

Autor: Jorge Candeias
Editora: Edições Colibri
Páginas: 38
ISBN: 9789727723263

Sinopse: Sally é uma história de amor…é uma história de amor que é tudo menos convencional, nascida sem a interferência de hormonas ou feromonas num lugar estranho e mutável. É uma história de amor que, pelo menos aparentemente, é unilateral, e o objecto desse amor dá título ao conto. Sally é a mulher perfeita. Pelo menos é essa a resposta que obteriam do Alberto Liemann se lhe perguntassem alguma coisa.
Aviso: além disto tudo, é também uma história de ficção científica.

Opinião: Se não fosse por mais nada, ia gostar de ter este livro na minha biblioteca pessoal pelo facto de ter sido fruto de uma oferta muito simpática do seu autor, com direito a dedicatória personalizada. Confesso que parti para a rápida leitura deste conto com bastante curiosidade, principalmente porque do autor conhecia apenas a faceta de tradutor, nomeadamente das Crónicas de Gelo e Fogo, de George R.R. Martin, e da Saga do Assassino, da Robin Hobb. Curiosamente, o que estou a ler agora, Duna, também é sua tradução.

Sally é uma pequena história que nos fala sobre a obsessão de Alberto precisamente por Sally, uma mulher que conhece casualmente num bar. Esse amor repentino e avassalador faz com que Alberto corra alguns riscos para não a perder de vista e tentar conquistar a sua atenção e, quem sabe, o seu amor.

Estamos perante um conto de ficção científica, como a sinopse indica. Quando o comecei a ler e à medida que ia progredindo, não parava de me questionar onde estava afinal a ficção científica. Pois ela está no final surpreendente que esta história nos apresenta e que nos faz repensar tudo o que lemos para trás. O final leva-nos pensar na necessidade de ser amado e na esperança intrínseca ao ser humano. Mas soube-me a pouco porque fiquei com o desejo de ler mais e de saber o que aconteceu depois do final que nos é apresentado – quem sabe se um dia teremos a continuação? 

Classificação: 3/5 – Gostei

Livro n.º 83 de 2010


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.