Home / 7/10 / [Opinião] Testemunho, de Anita Shreve

[Opinião] Testemunho, de Anita Shreve

Autor: Anita Shreve
Título Original: Testimony (2008)
Editora: Porto Editora
Páginas: 288
ISBN: 9789720045065
Tradutor: Teresa Curvelo
Origem: Recebido para crítica

Sinopse: Uma pequena cassete de vídeo chega às mãos do director da conceituada Academia de Avery – uma catástrofe de proporções que ninguém será capaz de prever. Mais chocante do que os actos sexuais nela gravados é o facto de terem sido protagonizados por três rapazes com idades compreendidas entre os dezoito e os dezanove anos e uma rapariga de apenas catorze. Qual caixa de Pandora, a gravação desencadeia uma tempestade de vergonha e recriminação que se abate sobre a pequena comunidade, revelando uma intrincada teia de segredos e mentiras. Homens e mulheres, adolescentes e adultos envolvidos no escândalo tentam decifrar os acontecimentos daquela noite e os seus efeitos. Mike Bordwin, o director, quer a todo o custo conter o escândalo e salvaguardar a reputação da escola; Silas Quinney, um popular aluno, sofre as consequências dos seus actos, enquanto Anna, a mãe, enfrenta as suas próprias faltas; e Sienna, uma jovem enigmática e perturbada, não olha a meios para esconder o seu passado. As imagens reveladas suscitam mais perguntas do que respostas. Como foi possível tal comportamento no seio de um ambiente tão selecto? Quem é culpado e quem é inocente? Podem as consequências de um acto imprudente ser travadas ou o futuro de todos os envolvidos será irremediavelmente destruído? À medida que o coro de vozes se levanta, revela-se a surpreendente verdade sobre os acontecimentos daquela noite, e as vidas de todos os envolvidos serão transformadas para sempre.

Opinião: Da Anita Shreve, li há alguns anos o livro A Praia do Destino, que me lembro de ter gostado imenso. Entretanto, comprei outros dela, mas a oportunidade de voltar a ler algo de sua autoria só surgiu agora com este Testemunho.

Testemunho contém precisamente uma série de testemunhos de várias pessoas envolvidos com um caso que escandalizou a América, fictício mas facilmente tornado verosímil face aos casos que sucedem naquele país tão vasto. Num colégio interno, supostamente com alunos mais seleccionados, é encontrada uma gravação que resulta de uma noite de excessos entre três rapazes e uma rapariga menor, que acabam por se envolver sexualmente.

Cada capítulo do livro contém o relato de uma das personagens envolvidas, cada um deles um peça que acaba por compôr o puzzle final. Dada a variedade das personagens envolvidas, o tom do livro varia imenso, mas penso que a autora conseguiu bem dar uma voz única a cada uma delas e torná-las mais “vivas” perante o leitor. Esta variedade de perspectivas contribui também não só para tornar a leitura mais dinâmica e absorvente, como para ajudar o leitor a formar as suas próprias conclusões ao ter a oportunidade para olhar para todos os lados da barricada.

Este foi um livro que li num ápice, porque a história me interessou e porque considero que a autora foi bem sucedida em contar a história que queria contar. O meu único problema com este livro foi que nunca considerei esta história chocante ou propriamente escandalosa. Estas características, que a autora tenta transmitir face à ocorrência relatada, são, suponho eu, fruto de algum puritanismo que todos sabemos estar presente na sociedade americana. Não quero com isto dizer que considero a situação descrita no livro “normal”, mas não duvido que uma coisa destas não teria as mesmas repercussões numa sociedade com uma mentalidade mais “aberta”. Independentemente disso, gostei bastante do livro e recomendo. 

Classificação: 7/10 – Bom

Livro n.º 26 de 2010


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.