Home / Novidades / [Lançamento] Novidades Saída de Emergência para Março

[Lançamento] Novidades Saída de Emergência para Março

A partir do próximo dia 5 de Março, a Saída de Emergência apresenta várias novidades, sendo a principal aposta o livro “O Mago – Aprendiz”, de Raymond E. Feist.

Na fronteira do Reino das Ilhas, existe uma cidade tranquila chamada Crydee. Nessa cidade, vive um rapaz órfão de nome Pug. Trabalhando nas lides do castelo que o acolheu, ele sonha com o dia em que se tornará um guerreiro valoroso ao serviço do rei. Mas o destino troca-lhe as voltas e o franzino Pug acaba por tornar-se aprendiz do misterioso Mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para todo o sempre. Subitamente a paz do reino é esmagada, sem piedade, por misteriosas criaturas que devastam cidade após cidade. Quando o mundo parece desabar a seus pés, Pug percebe que apenas ele poderá mudar o rumo dos acontecimentos, penetrar as barreiras do espaço e do tempo, e dominar os poderes de uma nova e estranha magia… Esta é uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde irá conhecer povos e culturas exóticas, aprender a amar e descobrir o verdadeiro valor da amizade. Mas, no seu caminho, terá de enfrentar tenebrosos perigos e derrotar os inimigos mais cruéis.

 

Outra das apostas é o livro “Flashforward”, de Robert J. Sawyer, que serviu de base à série com o mesmo nome, actualmente na primeira temporada.

O que faria se tivesse um vislumbre trágico do seu próprio futuro? Tentaria mudar as coisas, ou aceitaria que o futuro é imutável? Em Flashforward – Presságio do Futuro, é iniciada uma experiência científica que conduz ao inesperado: o mundo inteiro cai inconsciente por instantes e todas as mentes são projectadas vinte anos no futuro. Quando a humanidade desperta, o caos impera por todo o lado: carros arruinados, cirurgias falhadas, quedas, destruição em massa e um elevado número de mortes. Mas esse é apenas o início. Passado o choque das visões, cada indivíduo tenta desesperadamente evitar ou assegurar o seu próprio futuro vislumbrado… Expondo as perspectivas de várias personagens, Robert J. Sawyer realiza uma brilhante reflexão filosófica sobre viagens no tempo, consciência, destino e o que significa ser humano.

 

Para além destas duas novidades, a editora irá lançar ainda outros 3 livros, um deles incluído na Coleção TEEN.

Nas Montanhas da Loucura, de H.P. Lovecraft (12 de Março, livro de bolso)
Uma expedição científica é enviada para a desolação gelada da Antárctida. No local de chegada, a equipa inicia uma busca por fósseis do tempo em que a Antárctida era uma exuberante selva pré-histórica. É então que descobrem, numa caverna gelada, espécimes preservados de criaturas aladas que são levados para investigação. O líder da expedição acorre ao local da descoberta para encontrar o campo destruído, os homens chacinados e os itens desaparecidos. Suspeitando de um motim ou de loucura, parte em direcção às montanhas em busca da verdade, mas o que irá encontrar são segredos aterradores que estão para além da imaginação e sanidade…

O Mito Maçónico, de  Jay Kinney (5 de Março)
A maçonaria tem estado desde sempre ligada à Revolução Francesa, aos cavaleiros Templários ou às pirâmides do Egipto. Tudo o que havia a dizer sobre os membros da organização já foi dito. Acredita-se que poderão ser agentes correctores de elite a governarem o mundo, uma rede de ocultistas e pagãos empenhados em construir uma nova ordem mundial, ou até mesmo uma irmandade milenar que perpetua conhecimentos antigos através de ensinamentos esotéricos. Os seus símbolos secretos, rituais, e organização durante séculos permaneceram envoltos em mistério e deram origem a uma infinidade de teorias. O Mito Maçónico revela a verdade sobre os maçons de um modo a que o leitor não ficará indiferente.

A Espada e a Chama, Saga do Rei Dragão – Volume III, de Stephen Lawhead (5 de Março, Coleção TEEN)
Quentin reina agora como Rei Dragão, e é confrontado com a investida mais violenta de todas: o insidioso ataque do mal que cresce dentro de si mesmo. Como um jovem acólito do deus Ariel, ele empreendera alegremente uma viagem que o afastaria dos velhos deuses, levando-o ao encontro do Altíssimo. Desta vez já não é apenas a sua vida, ou a sobrevivência do reino que se encontram em jogo. Nimrood tem em seu poder, como refém, o filho de Quentin. O Rei Dragão perdeu a sua espada e perdeu o seu rumo. Irá também trair o seu voto solene com o Altíssimo?

 

Com a chancela Chá das Cinco, irá sair a 5 de Março O Abraço da Noite, de Sherrylin Kenyon (previsto para o mês anterior, mas devido a motivos alheios à editora, teve de ver o seu lançamento adiado) e Uma Oferta Irrecusável, de Jill Mansell.

 


O Abraço da Noite, de Sherrylin Kenyon
Querida leitora,
A vida para mim é ótima. Tenho o meu café de Chicória, o meu beignet quente e o meu melhor amigo ao telemóvel. Depois de o sol se pôr, sou a pior coisa que percorre a noite: comando os elementos e não conheço o medo. Durante séculos, protegi os inocentes e tomei conta da humanidade, assegurando-me de que estão seguros a salvo num mundo em que nunca nada é certo. Tudo o que quero em troca é uma miúda gira num vestido vermelho, que não queira mais nada de mim para além de uma noite. Em vez disso, sou atropelado por um carro alegórico de Carnaval que me tenta transformar num animal morto à beira da estrada e conheço uma mulher que me quer salvar a vida mas não se consegue lembrar onde me pôs as calças. Vibrante e extravagante, Sunshine Runningwolf deveria ser a mulher perfeita para mim. Não quer nada mais do que esta noite, sem laços, sem compromissos a longo prazo. Mas, sempre que olho para ela, começo a desejar concretizar sonhos que enterrei séculos atrás. Com os seus modos pouco convencionais e a sua capacidade para me surpreender, Sunshine é a única pessoa de que preciso. Mas amá-la significaria a sua morte. Fui amaldiçoado e nunca poderei conhecer a paz ou a felicidade, não enquanto o meu inimigo espera na noite para nos destruir a ambos.
Talon dos Morrigantes

Uma oferta irrecusável, de Jill Mansell
Lola não pretendia aceitar o suborno da mãe do seu namorado para pôr um fim à relação com ele. Ainda por cima porque a mãe de Dougie é arrogante e insuportável. Mas depois Lola descobre que uma das pessoas que mais ama está desesperada e a única maneira de a ajudar é ficar com o suborno e partir o coração de Dougie. Dez anos depois, Lola reencontra-se com Dougie e descobre que os seus sentimentos por ele estão mais fortes do que nunca. Ela faria tudo para o ter de volta, mas nunca lhe poderá contar a verdade. Mesmo sendo bonita, persuasiva e infinitamente optimista, será que vai conseguir ultrapassar a frieza dele e reconquistar-lhe o coração?

 

Finalmente, dois lançamentos na chancela Camões & Companhia, da autoria de João Negreiros: O Mar que a Gente Faz e a verdade dói e pode estar errada.

 

O Mar que Gente Faz, de João Negreiros
O Mar que a Gente Faz leva-nos para o seio de uma família de pescadores, onde todos os dias a faina ainda leva os homens a madrugar e sofrer na pele a força das ondas e a dureza do mar. O menino Sargo – que tem nome de peixe – conta-nos uma história que se lê como uma fábula para pais e filhos. Tudo começa no dia em que Sargo nasce e sorri entre as redes dos pescadores. Daí em diante, é uma narrativa de um brilho e ternura excepcionais. Recheado de pequenas peripécias que nos levarão do riso às lágrimas, sempre com um forte sentimento de saudade, o menino Sargo vai recordar-nos aquilo que já soubemos e a vida nos fez esquecer; o significado da vida, da morte e do verdadeiro amor. Ninguém ficará indiferente à escrita quase musical, ou à inocência terna da criança que nos conta como tudo acontece, com olhos que tudo observam e tudo sentem.

a verdade dói e pode estar errada
, de João Negreiros
intervalo o ar é mais doce nos intervalos da água
mas para o peixe a água é mais doce nos intervalos do ar
mas para o peixe de água doce a água é mais doce nos intervalos do mar

VENCEDOR DO PRÉMIO POESIA NUNO JÚDICE


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.