Home / 8/10 / [Opinião] O Mar de Ferro, de George R.R. Martin

[Opinião] O Mar de Ferro, de George R.R. Martin

Autor: George R.R. Martin
Título Original: A Feast for Crows (2005), 2.ª metade
Série: As Crónicas de Gelo e Fogo #8 | Chronicles of Ice and Fire #4.2
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 336
ISBN: 9789896371357
Tradutor: Jorge Candeias
Origem: Comprado

Sinopse: Quando Euron Greyjoy consegue ser escolhido como rei das Ilhas de Ferro não são só as ilhas que tremem. O Olho de Corvo tem o objectivo declarado de conquistar Westeros. E o seu povo parece acreditar nele. Mas será ele capaz?
Em Porto Real, Cersei enreda-se cada vez mais nas teias da corte. Desprovida do apoio da família, e rodeada por um conselho que ela própria considera incapaz, é ainda confrontada com a presença ameaçadora de uma nova corrente militante da Fé. Como se desenvencilhará de um tal enredo?
A guerra está prestes a terminar mas as terras fluviais continuam assoladas por bandos de salteadores. Apesar da morte do Jovem Lobo, Correrrio ainda resiste ao poderio dos Lannister, e Jaime parte para conquistar o baluarte dos Tully. O mesmo Jaime que jurara solenemente a Catelyn Stark não voltar a pegar em armas contra os Tully ou os Stark. Mas todos sabem que o Regicida é um homem sem honra. Ou não será bem assim?

Opinião: “As Crónicas de Gelo e Fogo” (Song of Ice and Fire, no original), de George R.R. Martin, contam até ao presente com quatro volumes no original, sendo que por cá a editora decidiu publicá-los divididos em dois, e este “O Mar de Ferro”, sendo o oitavo volume, corresponde à segunda metade do 4.º volume original. Isto significa que, a partir de agora, os fãs desta incrível saga terão de esperar que o autor complete o 5.º volume (A Dance With Dragons) para que possamos continuar a seguir as aventuras das personagens que já conquistaram o nosso coração. A esperança é que o próximo livro veja finalmente a luz do dia durante 2010, mas não ponho as minhas mãos no fogo uma vez que no final de “Mar de Ferro” existe uma nota do autor a expressar o seu desejo de ter o livro pronto dali a um ano… portanto, em 2006. 😀

O Mar de Ferro segue a linha já traçada pelo volume anterior, O Festim dos Corvos, e volta a levar o leitor às intrigas nas Ilhas de Ferro, em Dorne e em Porto Real. A imagem de marca do autor, baseada em intrigas políticas intrincadas, grande profusão de personagens, crueldade – com as suas personagens e com o leitor, porque o deixa frequentemente sem saber o que pensar uma vez que já percebemos que com este autor nem tudo o que parece é – , está presente neste livro, tal como nos anteriores.

A grande força desta saga são as personagens, e ao manter de fora personagens que a maioria dos leitores têm como preferidas e que aprenderam a amar – Jon Snow, Tyrion ou Daenerys – o autor correu o risco de diminuir o nível de interesse do leitor, e foi precisamente isso que aconteceu comigo. As novas personagens introduzidas e mesmo as que já conhecemos apresentam desenvolvimentos interessantes, mas as que não aparecem com capítulos próprios pairam sempre como uma sombra, porque o autor refere-os amiúde, atiçando ainda mais a  curiosidade do leitor em relação ao que lhes terá acontecido. Não é um mau livro – muito longe disso, porque GRRM mesmo no seu pior é muito bom – mas o autor deixou a fasquia tão alta nos volumes anteriores que é quase impossível estes não saberem a pouco.

E agora segue-se a (longa) espera. A Dance With Dragons irá trazer de volta as personagens que não apareceram no volume anterior e repetir algumas, sendo que cobrirá os acontecimentos paralelos aos que acompanhámos em A Feast for Crows. Resta-me apenas aconselhar a leitura desta saga – como já tenho feito tantas vezes – para quem gosta de histórias e personagens que nos agarram de tal forma que se tornam inesquecíveis. 

Classificação: 8/10 – Muito Bom

Livro n.º 1 de 2010


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.