Home / 8/10 / [Opinião] Baunilha e Chocolate, de Sveva Casati Modignani

[Opinião] Baunilha e Chocolate, de Sveva Casati Modignani

Autor: Sveva Casati Modignani
Título Original: Vaniglia e Cioccolato (2000)
Editora: Porto Editora
Páginas: 464
ISBN: 978-972-0-04279-8
Tradutora: Regina Valente
Origem: Recebido para crítica

Sinopse: Inesperadamente, Andrea revela-se protagonista de inúmeras escapadelas mal escondidas e o seu comportamento, por vezes, é tão infantil e egoísta que Penelope decide oferecer-lhe um presente: deixá-lo sozinho a lidar com os três filhos e com as inúmeras tarefas domésticas, que até agora pesavam única e exclusivamente sobre os seus ombros. Quanto a ela, refugia-se na casa da família em Cesenatico. A separação revela-se, para ambos, um desafio cansativo e, por vezes, angustiante, mas a verdade acabará por vir ao de cima: o amor que os uniu continua vivo…


Opinião:
Esta obra foi um verdadeiro dois em um: uma preparação para as novidades que se avizinham e, finalmente, li algo de Sveva Casati Modignani – uma autora que me parece(u) marcadamente feminista, como eu gosto. Baunilha e Chocolate é um retrato fiel dos problemas que afectam muitos casais – durante a leitura, somos assaltados por uma montanha russa de sentimentos, mas, por muito que possamos criticar determinadas acções, é-nos impossível não simpatizar com todos os personagens.

Depois da paixão avassaladora que os conduziu ao casamento, Penélope e Andrea enfrentam uma grave crise conjugal. Dezoito anos de convivência permitiram-lhes passar por várias experiências, a dois ou solitariamente, que deixaram marcas no casamento e na família que criaram. A história de vida de ambos é o motor que anima toda a trama da história, não se concentrando, contudo, apenas nestas personagens. Muitas outras giram à sua volta, rodeando-as com os seus problemas, as suas dúvidas, as suas felicidades ou os seus receios. Por isso, ao longo da leitura, as nossas emoções vão sendo despertadas e, por vezes, é impossível reprimir a lágrima.

Talvez não consiga transmitir quanto a história me fez pensar. Agora que me preparo para uma vida a dois, revejo-me em alguns momentos descritos e, inevitavelmente, dei por mim a pensar que não podia deixar que a minha relação chegasse “àquele ponto” (e são vários os pontos retratados). Gostei da forma simples como a autora escreve, tornando a leitura agradável, mesmo quando as personagens enfrentavam rudes golpes no seu amor-próprio, nas suas crenças, no seu crescimento pessoal.

Poder-se-à reconhecer, de facto, um toque feminista, mas a autora fá-lo de forma discreta e, acima de tudo, põe em pé de igualdade homem e mulher no que diz respeito às falhas do casamento retratado. No entanto, é por vontade de Penelope (e pela sua determinação) que a vida das personagens principais dá uma volta de 180º. Baunilha e Chocolate é uma combinação perfeita de força, pelos sentimentos e temas que retrata, e leveza, pela descontracção e alegria que encerra. Um verdadeiro doce literário! – Cristina

Classificação: 8/10 – Muito Bom


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.