Home / 7/10 / [Opinião] Escolhi o teu amor, de Emily Giffin

[Opinião] Escolhi o teu amor, de Emily Giffin

Autora: Emily Giffin
Título Original: Love the One You’re With (2008)
Editora: Porto Editora
Páginas: 368
ISBN: 9789720041753
Tradutor: Cláudia Ramos
Origem: Recebido para crítica 
Sinopse: “Escolhi o Teu Amor” é uma história envolvente sobre uma mulher na encruzilhada da vida e das emoções e sobre as razões que, por um lado, nos fazem escolher amar quem amamos e, por outro, nos impedem de esquecer quem nos partiu o coração.
A relação de Ellen e Andy não é só aparentemente perfeita.
Eles amam-se verdadeiramente. Não há dúvidas de que a sua relação é repleta de entrega e devoção mútuas.
Até que um dia acidentalmente, Ellen cruza-se com Leo, o ex-namorado com quem manteve uma relação problemática e obsessiva; o mesmo homem que um dia, sem explicação, a deixou e lhe despedaçou o coração.
Leo, que Ellen nunca esqueceu e que, oito anos depois, reaparece por acaso e faz com que ela questione se a vida que tem é, afinal, a vida que quer e merece.

Opinião: Escolhi o teu amor é a história de uma mulher recém-casada que encontra casualmente um ex-namorado, 8 anos depois de terem terminado o seu relacionamento, e das consequências que esse reencontro terá na seu recente casamento. Ellen tem a vida perfeita: um marido rico e bonito, bons amigos, uma profissão que adora. Mas este reencontro com Leo irá abalar o equilíbrio do seu mundo e fazê-la reavaliar tudo o que considerava como certo.

Uma história contada na primeira pessoa é sempre um risco, mas neste livro foi essencial porque permitiu entrar na cabeça de Ellen e conhecer em profundidade os seus sentimentos, coisa que a autora conseguiu fazer na perfeição, tão bem que nos interrogamos se a própria não terá passado por uma situação semelhante. Para mim, a grande virtude que este livro tem é precisamente a excelente descrição dos sentimentos da personagem principal: sentimos todas as suas sensações e dúvidas, a cada momento, como se fossem nossas.

Trata-se de uma espécie de viagem de descoberta pessoal, do que nos move e do que nos motiva, mas também da compreensão de que as decisões não são certas nem erradas, apenas nossas. É um livro que fala sobre sentimentos, escolhas e sobre as várias faces do amor. Gostei e fiquei curiosa por ler mais desta autora. 

Classificação: 7/10 – Bom


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.