Home / 8/10 / [Opinião] O Terceiro Passo, de Christopher Priest

[Opinião] O Terceiro Passo, de Christopher Priest

Autor: Christopher Priest
Título Original: The Prestige (1995)
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 314
ISBN: 9789896370527
Tradutor: Isabel C. Penteado
Origem: Comprado

Sinopse: O Terceiro Passo é uma história de segredos obsessivos e curiosidades insaciáveis. Actuando nas luxuosas salas de espectáculos vitorianas, dois jovens mágicos entram num feudo amargo e cruel, cujos efeitos podem ser ainda sentidos pelas respectivas famílias mais de um século depois. Os dois homens assombram a vida um do outro, levados ao extremo pelo mistério de uma espantosa ilusão que ambos fazem em palco. O segredo da magia é simples, mas para os antagonistas o verdadeiro mistério é outro, pois ambos os homens têm mais a esconder do que apenas os truques da sua ilusão.

Opinião: Vi o filme quando foi lançado antes sequer de saber que era uma adaptação, pois caso contrário teria sem dúvida lido primeiro o livro. Este facto, provavelmente, contribuiu para que não tivesse gostado mais do livro. Ou melhor, para que não tivesse gostado ainda mais do livro do que de facto gostei.

Não sou grande fã de magia, e sinceramente parece-me uma profissão que já teve mais sucesso. No final do século XIX, inícios do século XX (altura em que o livro decorre) era uma altura de novas descobertas, de uma evolução cada vez maior da sociedade em geral, mas as pessoas ainda se deixavam cativar por espectáculos de magia. Acho que o Christopher Priest conseguiu transmitir muito bem essa ideia.

Depois, a história em si. Quanto à estrutura, achei extremamente original que tivesse sido contada na perspectiva dos dois mágicos antagonistas sob a forma de diário, o que permite ao leitor não só compreender os dois lados da barricada, mas também colmatar com um relato o que faltou no outro. E há sempre aquela curiosidade presente de querermos saber de que modo os mágicos faziam os seus números mais espantosos.

O final (que do que me lembro não teve correspondência no filme, ou pelo menos uma correspondência exacta) é verdadeiramente arrepiante e surpreendente.

Resumindo, gostei bastante e recomendo vivamente. Mas tentem ler o livro antes de ver o filme!

Classificação: 8/10 – Muito Bom


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.