Home / Célia / 1808

1808

“1808”, do jornalista brasileiro Laurentino Gomes, debruça-se sobre a partida da corte portuguesa para o Brasil em finais de 1807, fugindo das tropas francesas que se preparavam para invadir o país devido ao facto de Portugal não ter acatado o Bloqueio Continental de 1806, segundo o qual todos os países europeus deveriam fechar os seus portos ao comércio com Inglaterra. O Rei D. João VI, vendo-se no meio da guerra entre as duas potências europeias, decidiu ficar do lado da velha aliada de Portugal, a Inglaterra, não aceitando as ordens de Napoleão e fugindo para o Brasil para não ficar à mercê das tropas invasoras.

Este livro, com uma escrita bastante acessível, relata a viagem da corte portuguesa para o Brasil, um país que à data se encontrava praticamente inexplorado e fechado ao mundo, uma vez que o único comércio permitido era com Portugal. Explica como um acto aparentemente cobarde, a fuga do Rei, transformou o destino de um país cheio de potencialidades. Primeiro, porque D. João VI abriu os portos do Brasil ao comércio com outros países; depois, porque contribuiu decisivamente para o desenvolvimento do Rio de Janeiro e para a união das várias regiões daquele enorme país.

Para além do óbvio interesse histórico do livro, este é também um mosaico de factos curiosos sobre personagens conhecidas da nossa história e outras nem tanto, bem como um retrato das características típicas do português da época que, se pensarmos um pouco, não é assim tão diferente do português dos dias que correm. É engraçado ver que há coisas que nunca mudam. – Célia M.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.