Home / Célia / [Opinião] Teias de Sonhos, de Anne Bishop

[Opinião] Teias de Sonhos, de Anne Bishop

Autor: Anne Bishop
Título Original: Dreams Made Flesh (2005)
Série: Jóias Negras #5
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 400
ISBN: 9789896370169
Tradutor: Cristina Correia
Origem: Comprado

Sinopse: Depois da Trilogia das Jóias Negras, Teias de Sonhos é um livro imperdível para os fãs desta premiada Saga. Teias de Sonhos é a forma ideal de travar conhecimento com o mundo negro e fantástico de Anne Bishop. Depois da aclamada Trilogia das Jóias Negras, Teias de Sonhos vai ainda mais longe e faz incidir a luz sobre os acontecimentos mais ocultos do passado de cada uma das suas fascinantes personagens. Qual a origem das jóias e do seu poder? Qual o passado de Saetan, o Senhor Supremo do Inferno? O que esconde a vida pessoal do misterioso Lucivar? Conseguirá Jaenelle ser feliz ou terá sacrificado a sua felicidade com Daemon para poder salvar o mundo? Com um enredo tão sensual quanto perverso, Anne Bishop oferece-nos mais uma prova irrefutável de ser uma das vozes mais fortes da dark fantasy.

Opinião: Depois das peripécias com este livro, eis que o dou por terminado. Teias de Sonhos é composto por 4 histórias independentes e que funcionam como um excelente complemento à Trilogia das Jóias Negras. Para quem desconhece o contexto, posso dizer que tanto este livro como a trilogia que referi decorrem num mundo especial, onde as mulheres dominam e onde existe uma hierarquia de jóias por cores, em que o poder de cada um é determinado pela cor da sua Jóia de Progenitura.

Para além dos territórios “normais”, uma boa parte da história decorre no Inferno, governado pelo incontornável e fantástico Saetan SaDiablo. A chegada da Rainha há muito esperada revoluciona por completo a vida de Saetan, mas também dos seus filhos Daemon e Lucivar.

Este Teias de Sonhos, no seguimento de Trilogia que o antecedeu, é um hino à fantasy a descair para o lado dark, com umas pitadas valentes de bom-humor e sarcasmo principalmente presentes nas personagens de Surreal e Lucivar. Ainda me ri a valer com os diálogos no conto que continua a história a partir do ponto onde a Trilogia terminou 🙂 Poder, magnetismo, crueza e boa-disposição… Eis como posso resumir as histórias desta autora! Altamente recomendado a qualquer fã de fantasy que se preze.


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.