Home / Célia / [Opinião] A Matemática do Amor, de Emma Darwin

[Opinião] A Matemática do Amor, de Emma Darwin

Autor: Emma Darwin
Título Original: The Mathematics of Love (2006)
Editora: Porto Editora
Páginas: 432
ISBN: 9789720041210
Tradutor: Nuno Castro
Origem: Comprado

Sinopse: Estamos em 1819 e Stephen Fairhurst, um veterano de Waterloo, deseja apenas ficar em paz. Em Kersey Hall, a casa à qual regressou após um longo exílio em Espanha, espera esquecer os horrores da guerra e recordar somente o grande e secreto amor que perdeu. A sua crescente amizade com a progressista Lucy Durward, cimentada através da troca regular de correspondência, vai despertar os fantasmas do passado e mudar o curso da sua vida. No Verão quente de 1976 a adolescente Anna está pronta para se divertir. Em vez disso é enviada para o que parece ser o pior local do mundo para passar as férias de Verão: uma falida escola rural gerida pelo seu tio distante. E assim, aborrecida e sozinha, envolve-se na vida de dois homens: Theo, um fotógrafo de guerra exilado, e o homem a quem a casa pertencera cento e cinquenta anos antes, Stephen Fairhurst. Nenhuma das gerações pode, contudo, sonhar com uma paz duradoura. O passado transporta demasiados segredos para ser esquecido e o futuro carrega o amor e a dor dos afectos.

Opinião: Este foi o romance de estreia da inglesa Emma Darwin. O livro acompanha, à vez, uma parte da história de duas personagens: Stephen Fairhurst, um veterano da guerra de Waterloo, que procurar reencontrar o seu caminho em 1819 e Anna Ware, uma jovem que procura igualmente encontrar o seu caminho, mas desta feita em 1976.

Após ter lido alguma críticas positivas, decidi experimentar comprar este livro. A verdade é que apesar da boa escrita, a história nunca me conseguiu cativar totalmente. Tanto as personagens principais como a história são interessantes q.b., mas foi daquelas ocasiões em que não tive pena de terminar o livro, bem pelo contrário. O livro terá os seus méritos, mas sinceramente não me pareceu merecer tamanha reacção positiva por parte da crítica… Não o achei bom nem mau, apenas assim assim.


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.