Home / Célia / O Retrato de Mona Lisa

O Retrato de Mona Lisa

Antes de mais, este livro é uma excelente reconstituição histórica. Vinga no que diz respeito à descrição do ambiente da época, dos hábitos e costumes, do espírito. Estamos na Florença de finais do século XV e temos oportunidade de conhecer a famosa família Médici, o mais famoso ainda Leonardo Da Vinci e todo o ambiente fervilhante da cidade nessa época, concretizada no fanatismo religioso que se opunha ao florescer da arte renascentista.
O livro é a história ficcionada da conhecida Mona Lisa, de quem factualmente pouco se sabe. A história gira em seu torno, da sua relação com os Médici e das circunstâncias que envolveram a sua famosa pintura. Devido aos poucos factos concretos que se conhecem e às teorias contraditórias, penso tratar-se de um bom campo de especulação.
Jeanne Kalogridis tem uma escrita certinha e agradável. Mas a nível do desenvolvimento da história, aponto-lhe alguma previsibilidade. As reviravoltas na história, quando não são previsíveis, tornam-se algo novelescas. Por outro lado, gostaria de me ter deparado com uma heroína mais forte, mais subtilmente descrita… no fundo, mais convincente. Leonardo Da Vinci, que começa por ser uma personagem bastante interessante, vai perdendo fulgor. Mas Lorenzo, Il Magnifico, está muito bem.
Acima de tudo, gostei da vertente histórica do livro, porque sou uma apaixonada por História. Como ficção, penso que deixa um pouco a desejar. Mas leiam e tirem as vossas próprias conclusões. – Célia M.



Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.