Home / Célia / O Olho do Mundo

O Olho do Mundo

Existe um mundo de Luz e Sombra onde o Bem e o Mal travam uma batalha eterna. É o mundo da Roda do Tempo, uma das melhores séries de fantasia épica alguma vez escrita. A Roda do Tempo gira e as Eras passam, deixando memórias que já se tornam lendas. A lenda transformou-se em Mito, mas este é esquecido com o regresso da Era que o criou. O mundo gira e, com o andar do tempo, regressam os dias prometidos pela Lenda. Numa pequena aldeia, na região de Dois Rios, vive Rand, um jovem agricultor, na companhia do pai. Uma noite são assaltados por trollocs, bestas semi-humanas que também destroem a aldeia. Moiraine, a poderosa feiticeira, diz que Rand e o seu povo devem fugir da aldeia, pois podem sofrer terrivelmente às mãos daquelas bestas que obedecem às forças do mal e ao temível Tenebroso. Este é o mundo em que Robert Jordan nos convida a entrar. Este é o mundo da Roda do Tempo.
 
800 páginas e 3 semanas depois, eis que consegui finalmente terminar este livro. A opinião final é positiva. Gostei da história, gostei das personagens, gostei da escrita. Achei o livro um pouco longo demais, penso que se poderia ter feito perfeitamente com menos umas 200 páginas, mas quem sou eu? Depois, sofro do síndrome Tolkien: tenho a mania de perscrutar este género de livros para identificar eventuais semelhanças. Neste, nem foi preciso me esforçar muito… é demasiado óbvio. Existem muitas semelhanças principalmente no que diz respeito a personagens, mas também a situações. Não posso negar que me incomoda um pouco, mas vivo bem com isso.
Apesar de tudo isso, não dou o meu tempo por mal empregue. Gostei da história e vou ficar à espera dos próximos volumes. Deixem-me ter a breve ilusão que a Bertrand vai algum dia publicar a colecção completa (12 volumes). – Célia M.


Sobre Célia

Tenho 37 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.