Home / Célia / [Opinião] A Papisa Joana, de Donna Woolfolk Cross

[Opinião] A Papisa Joana, de Donna Woolfolk Cross

Título Original: Pope Joan (1996)
Editora: Editorial Presença
Páginas: 462
ISBN: 9789722326414 
Tradutor: Teresa Martinho Toldy
Origem: Comprado
Sinopse: Personagem histórica envolta em lenda, a papisa Joana protagoniza a notável ascensão de uma mulher que não aceita as limitações que a sua época lhe impõe. Dotada de uma inteligência esclarecida e de uma imensa força de carácter, atinge o mais elevado grau da hierarquia religiosa católica. Apoiado numa investigação rigorosa, este é um romance magnífico, cativante, que prende o leitor nas complexidades da luta pelo poder, das conspirações e segredos políticos e dos fanatismos sangrentos. O livro que inspirou um grande filme épico realizado em 2010.

Opinião: É fascinante pensar que houve uma mulher que conseguiu ascender ao mais alto cargo da Igreja Católica. Nesta ficção histórica (porque apesar de se basear em factos históricos verdadeiros, a autora teve de preecher algumas lacunas com a sua imaginação), acompanhamos Joana, uma mulher muito à frente do seu tempo. Gostei da escrita simples, bem fundamentada e da história bem construída. Acima de tudo, gostei da força e da coragem da personagem principal!

Entretanto, segundo o site oficial do livro, a história vai ser adaptada ao cinema e chega às salas em 2009. 


Sobre Célia

Tenho 36 anos e adoro ler desde que me conheço. O blogue Estante de Livros foi criado em Julho de 2007, e nasceu da minha vontade de partilhar as opiniões sobre o que ia lendo. Gosto de ler muitos géneros diferentes. Alguns dos favoritos são fantasia, romances históricos, policiais/thrillers e não-ficção.