2016 Reading Challenge

2016 Reading Challenge
Célia has read 1 book toward her goal of 75 books.
hide

Estou a Ler

Newsletter

Arquivo

Creative Commons License This blog by Estante de Livros is licensed under a Creative Commons Atribuição-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.
Visitas desde 20/07/2007

[Lançamento] Os Irmãos Wright, de David McCullough

Quinta-feira, Fevereiro 11, 2016 Post por Célia

Os livros de ficção são a minha praia, mas sem dúvida que o género da não-ficção tem vindo cada vez mais a conquistar-me. Fascinam-me as incríveis histórias verídicas, o saber mais sobre a vida de pessoas reais e a sensação gratificante quando termino estes livros, a de que fiquei mais rica pelo que aprendi. O livro que destaco aqui hoje já está disponível e fala sobre a vida dos irmãos Wright, inventores e pioneiros na aviação. Estou muitíssimo interessada neste livro e, por isso, o mais certo é vir parar cá a casa.

 

12705545_978229478920577_1958393142552130254_n

 

Sinopse: Num dia de inverno em 1903, nas Outer Banks em Carolina do Norte, dois irmãos desconhecidos do Ohio — Wilbur e Orville Wright — mudaram a história do mundo. Uma nova era havia começado com o primeiro voo de avião mais pesado do que o ar e com um piloto a bordo.
Longe de serem apenas mecânicos de bicicletas de Dayton, os irmãos Wright eram homens de excecional habilidade, determinação e com um longo espectro de interesses intelectuais, que sempre atribuíram ao modo como foram criados. Cresceram sem eletricidade ou canalização, mas rodeados de livros, fornecidos essencialmente pelo pai. E nunca pararam de aprender, assim como Katharine, a sua irmã, que sobre eles exerceu uma enorme influência.
Quando os irmãos trabalhavam juntos nenhum problema era insuperável. Wilbur, o mais velho, era sem dúvida um génio. Orville possuía um invulgar talento mecânico. Nada os demovia da sua “missão”, nem falhanços, nem o ridículo, nem mesmo o facto de colocarem a vida em risco cada vez que descolavam numa das suas invenções experimentais.
Neste emocionante livro, o historiador David McCullough recorre ao espantoso espólio dos irmãos Wright, incluindo diários, cadernos de anotações, e mais de mil cartas da correspondência familiar, de modo a mostrar com exatidão o lado humano desta história.

 


Categorias: Lançamentos

[Opinião] As Reputações, de Juan Gabriel Vásquez

Quarta-feira, Fevereiro 10, 2016 Post por Célia

27421458Autor: Juan Gabriel Vásquez
Título Original:
Las reputaciones (2013)
Editora: Alfaguara
Páginas: 172
ISBN: 9789898775740
Tradutor: Vasco Gato

 

Sinopse: Javier Mallarino, o caricaturista mais influente do país, é considerado uma lenda viva. Aos 65 anos o prémio que recebe confirma uma vida de êxitos e reverência. No entanto, a presença inesperada de uma mulher na cerimónia de homenagem traz consigo o peso do passado, arrependimentos e ligações obscuras do caricaturista à vida política do país. O passado rebenta no presente e Mallarino vê-se obrigado a pôr em causa o seu trabalho e a sua posição.

 

Opinião: Quando peguei neste livro, não sabia absolutamente nada sobre o escritor colombiano Juan Gabriel Vásquez nem sobre As Reputações, que por sinal até é o segundo romance que vê publicado em Portugal (o primeiro foi O Barulho das Coisas ao Cair, em 2012). E, às vezes, é muito bom partir para um livro sem saber absolutamente nada sobre ele, sem ideias pré-concebidas ou qualquer tipo de preconceito. Foi isso que fiz aqui, e a boa notícia é que fiquei agradavelmente surpreendida.

 

A personagem central desta história é Javier Mallarino, um cartunista de 65 anos, que traz consigo uma longa história de desenhos publicados diariamente num jornal nacional, sempre intimamente ligados à história política e social da Colômbia. Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras e a habilidade de Mallarino para dizer o que pensava e pôr a descoberto várias realidades através dos seus desenhos trouxe-lhe respeito e veneração das pessoas do seu país. Quando é convidado para uma cerimónia em que será homenageado, a presença da sua ex-mulher e de uma jovem que irá descobrir ter feito parte do seu passado, Mallarino vê-se embrenhado em várias viagens ao passado que o ajudam a perceber o poder das recordações e a forma como acontecimentos aparentemente irrelevantes acabam por ter um impacto imenso.

 

Gostei bastante da escrita de Juan Gabriel Vásquez. Profunda e cheia de detalhes deliciosos, sem ser demasiado complicada, leva-nos facilmente através da história que decidiu partilhar com os leitores. O livro traz reflexões bastante pertinentes sobre o poder dos meios de comunicação na formação da opinião pública e também sobre o poder da verdade e da sua influência no ser humano que somos e que vamos sendo à medida que o tempo passa. Gostaria que o final tivesse tido outro impacto, mas ainda assim acaba por se adequar à personagem principal.

 

No final de contas, foi um livro que gostei bastante de ler, sendo a escrita o seu principal destaque. Fiquei com bastante vontade de ler o outro romance que o autor colombiano tem publicado em Portugal.

 

Classificação: 4/5 – Gostei Bastante

 

Nota: Este livro foi-me disponibilizado pela respetiva editora, em troca de uma opinião sincera.


Livros ao Sábado (207)

Sábado, Fevereiro 6, 2016 Post por Célia

12530997_1695218707427450_1129279177_n

 

Visto aqui.


Categorias: Livros ao Sábado

Estantes (85)

Terça-feira, Fevereiro 2, 2016 Post por Célia

A Melissa, que enviou as fotos abaixo, vive numa casa cheia de livros, espalhados por todas as divisões. Uma casa cheia de tantas vidas é digna de nota e, muito provavelmente, o sonho de qualquer bibliófilo. Obrigada pela tua partilha, Melissa :)

 

6

 

5

 

4


1

 

3

 

2

 

7

 


Categorias: Estantes

Chegaram à Estante #8

Domingo, Janeiro 31, 2016 Post por Célia

2016-01-31 08.08.46

 

Do João Tordo, apenas li um conto. Ficou, desde então, a vontade de explorar mais a sua obra. Parece-me que O Luto de Elias Gro e O Paraíso segundo Lars D., primeiro e segundo livros de uma trilogia, são boas escolhas. De Peregrino tenho lido coisas muito boas e fiquei com vontade de ler mais coisas da Liane Moriarty depois de O Segredo do Meu Marido.


Categorias: Chegaram à Estante